Prefeitura Municipal de Mossâmedes - Honestidade e Compromisso com o POVO

O Município

Mossâmedes é um município goiano com mais de 240 anos e está localizado numa região turística que exibe um patrimônio histórico-cultural demostrado sobretudo pela arquitetura magnífica da Igreja Matriz de São José, e por um exuberante  bioma Cerrado, cuja beleza natural é enriquecida  pela ação do tempo sobre as rochas.

Localizada nas encostas da Serra Dourada, a apenas 145 km de Goiânia, e 280 km de Brasília, a cidade possui vias de acesso importantes como a GO -070, GO -164 e GO -060.

Com  16 07 36 de latitude sul e 50 12 e 54 de longitude W.Gr. e  altitude média de 615m, possui  clima  tropical, com variações de temperatura.

Vocações Turísticas

Classificado pela Goiás Turismo (2011) como Município Esmeralda, a região denominada Nascentes do oeste, ou Região das águas,  é berço de nascentes que  alimentam importantes bacias hidrográficas: Bacia do Rio Paranaíba, Bacia do Rio Araguaia/Tocantins. A Serra Dourada divide o município de Mossâmedes com a Cidade de Goiás e constitui um dos principais potenciais turísticos do município. O lugar não atrai apenas a atenção de quem deseja admirá-la. A variedade de espécies biológicas do local é objeto de estudo de muitos pesquisadores. A Universidade Federal de Goiás mantém uma reserva biológica localizada no Parque Estadual de Serra Dourada. O Ecoturismo, é praticado de diversas formas, pode ser realizado passando pelos rios, seguindo por trilhas ecológicas em meio ao cerrado e florestas ciliares.

Segundo o Professor José Ângelo Rizzo e o Jornalista Washington Novaes, trata-se de um dos últimos repositórios da rica biodiversidade do Cerrado e tal fato levou à criação do Parque Estadual da Serra Dourada em junho de 2003. A região, de grande beleza cênica, possui rica diversidade de fisionomias e abriga espécies endêmicas, como é o caso da Tibouchina Papyrus, além de grande número de espécies ameaçadas de extinção. Além de toda essa riqueza, a região da Serra Dourada é testemunha da colonização da região central do Brasil e tanto o Município de Goiás como o de Mossâmedes são registros vivos da história e da cultura do povo goiano.

Evolução Histórica

A comunidade teve início em 1755, com a denominação de Aldeia de São José, fundada para servir de habitação dos índios AKROÁS e NAUNDÓS.

Isso porque em 1774 foi reerguida com edificações pelo então Governador da Capitania de Goiás e Capitão-General, D. José de Almeida Vasconcelos Several de Carvalho, Barão de Mossâmedes, para sua residência e local de escravização dos índios KAIAPÓS. Com isto, passou a denominar-se Aldeia de São José de Mossâmedes.

Os Índios trabalhavam e eram catequizados por Damiana da Cunha, que, sendo índia, conseguia atraí-los para a aldeia. Ali, eles eram submetidos a uma vida estranha a sua natureza de habitantes das matas. Eram obrigados a realizar o trabalho dos brancos e a se adaptar ao meio deles numa convivência que não os agradava.

Em 1º de setembro de 1780, o Bispo do Rio de Janeiro, D. José Joaquim Justiniano Mascarenha Castelo Branco, sob cuja jurisdição estava a Capitania de Goiás, criou a Freguesia de São José de Mossâmedes, desligando-a da vizinha Cidade de Goiás.

Em 31 de julho de 1845, pela Lei Provincial nº6, foi criado o Distrito de São José de Mossâmedes, passando a pertencer ao Município de Goiás.

Pelo Decreto-Lei nº1.233 de 31 de Outubro de 1938, passou a denominar-se, somente Mossâmedes.

Emancipação Política

Mossâmedes foi elevada à categoria de Município, em 14 de Novembro de 1953, quando entrou em vigor a Lei Estadual nº772 de 14 de novembro de 1953, que criou o Município de Mossâmedes.